10 erros mais comuns com indicadores de desempenho

Os indicadores fazem parte do conjunto de peças chave em uma boa gestão. Eles funcionam quase que como o retrovisor do carro para o motorista que está dirigindo.

Obviamente não são as únicas ferramentas que um bom gestor precisa ter, mas se o controle dos indicadores for feito de forma assertiva, certamente contribuirão com os resultados de qualquer negócio.

Já diz a célebre frase do papa da administração moderna:

O que não é medido não pode ser melhorado
Peter Drucker

Isso remete fortemente à necessidade de acompanhar os números do seu negócio. Mas que os números sejam apenas um dos geradores de luz sobre o processo de análise, reflexão e tomada de decisões esteja atento a todos os fatores, mas isto falaremos em outra reflexão.

Há diversos fatores que precisam ser considerados, sabermos disto. Mas como sempre começamos pelos números, pelas comparações, não podemos cometer erros básicos que atrapalham todo e qualquer resultado em todo e qualquer negócio.

Mas quais seriam eles? Vejamos:

1 - Indicadores de menos

Há aqueles que acham que conseguem gerir um negócio de maneira assertiva controlando dois, três indicadores básicos. Quanto faturei? Quanto lucrei? Isso limita muito a capacidade de melhoria, pois se o faturamento não foi bom não se consegue avaliar o porquê. E com o lucro a mesma coisa. É preciso desdobrar os indicadores para assim entender melhor seu comportamento e variação. Assim podem ser tiradas inúmeras informações para agir sobre os problemas.

2 - Indicadores demais

Em contrapartida àqueles que acham que menos é mais (as vezes é mesmo, mas não podemos exagerar), há aqueles que se empolgam tanto que querem controlar até quantas vezes o cachorro da portaria da fabrica late por hora. Há indicadores que não vão contribuir em nada para tomar uma boa decisão e, ao contrário, tomam muito tempo para serem controlados. É sempre preciso avaliar a relação custo X benefício X resultado de qualquer coisa que se pretende fazer na vida.

3 - Indicadores que não tem a ver com a proposta de valor da empresa

Defina sua cadeia de valor, saiba bem sua proposta de valor, e controle indicadores que respondam perguntas relacionadas ao propósito de existir do seu negócio. Se eu sou uma empresa de consultoria que gera ideias e projetos para meus clientes não faz sentido controlar os latidos do cachorro da portaria. Foco no que realmente interessa.

4 - Não definir os indicadores essenciais

Um sistema de indicadores tem sim, uma hierarquia. E há aqueles que precisam ser vistos todos os dias, aqueles que são essenciais que por si só já dão insumos para decisões rápidas. Esses são os indicadores essenciais. Saiba quais são os seus e seu dia ficará mais produtivo, pois vai chegar um dia que você não terá tempo para analisar a fundo todo o seu sistema de gráficos e relatórios.

5 - Não criar níveis de indicadores (estratégicos, táticos e operacionais)

Saiba quais indicadores você, como gestor precisa ver e quais deles você precisa cobrar do seu time. Delegue a responsabilidade e você vai se surpreender com o quanto as pessoas podem contribuir e realmente gostam disso.

6 - Não ter metas definidas para cada indicador

Se você controla algo precisa saber aonde quer chegar com aquilo. Por exemplo, se eu controlo as vendas por cliente, e não tenho uma meta de ticket-médio bem definida, olhar esse número por si só não vai me ajudar em nada. Sempre que definir um indicador crie uma meta para saber se ele está bom ou ruim.

7- Não agir caso um indicador fique muito fora da meta

Assim como precisa ter uma meta, você precisa agir rápido avaliar e ver que está muito longe do que planejou para o número. Caso fique muito aquém do resultado você precisa ver processo, conversar com a equipe, propor ações e acompanhar a realização para depois medir novamente. Caso o indicador fique muito além talvez seja o momento de revisar a meta em si. O time, e até mesmo você, precisa ser sempre desafiado.

8 - Não avaliar o resultado dos indicadores junto à equipe

É muito produtivo o time participar das avaliações de indicadores. Tenha um processo pra isso. Pode ser via reunião, mas também pode ser via lista de e-mail, via grupo de WhatsApp, via formulário da intranet... Crie seu canal para que os envolvidos no processo possam ajudar. Saiba de uma coisa “A solução sempre está onde está o problema”.

9 - Não comparar com informações de mercado

Como você vai saber se seu negócio está bom ou ruim se não tem base de comparação. Não adianta seu indicador estar em 10,5 contra uma meta de 10 se o mercado está trabalhando com meta de 13. Seu indicador por si só, mostrará apenas que você está bem com relação às suas metas, mas pode ser que esteja mal com relação ao que as outras empresas do seu segmento estão fazendo. Hoje há inúmeras fontes de informação para basear uma boa comparação.

10 - Não usar os indicadores para as decisões da gestão

O pior erro é também o mais recorrente. Controlar por si só não serve para nada se você não utiliza o controle para tomar decisão. Controle só serve para isso. Ninguém gosta de controlar apenas porque é chato e metódico. As pessoas controlam porque há algum objetivo envolvido. Use e abuse das informações, comparações e avaliações para tomar a decisão correta.

Sabemos que se avaliarmos de maneira profundo vamos achar inúmeros erros na gestão dos indicadores de desempenho e vamos achar até quem os conteste de uma maneira geral. Mas uma coisa é fato. Defina seu propósito, meça os resultados e melhore com base nestas informações. Assim você vai estar sendo um bom gestor e seu negócio terá mais chances de perenidade.

10 dicas incríveis para garantir o sucesso do seu Pitch

Já vimos centenas de apresentações de lançamentos de negócio, os famosos pi...
Leia mais

Fluxo de caixa, a ferramenta mais poderosa para o dia a dia da sua empresa

Ele demonstra o resultado mais primordial para o controle do dia a dia, ou ...
Leia mais

Sucesso. Antes dele vem a superação.

Com base em muitos estudos e muita reflexão acerca do motivo pelo qual algu...
Leia mais

10 erros mais comuns com indicadores de desempenho

Os indicadores fazem parte do conjunto de peças chave em uma boa gestão. El...
Leia mais

Como ter uma semana perfeita e produtiva

Você já reparou que cada dia tem mais gente falando de produtividade e pare...
Leia mais

Doutor, o que você não pode fazer é propaganda. Marketing é outra coisa!

Sempre que encontramos médicos e falamos sobre nosso trabalho de marketing,...
Leia mais

Cansado de tentar empreender sem sucesso? Talvez você precise de um bom plano de negócio.

Muitos empreendedores, por conhecerem a fundo o produto ou a área que quere...
Leia mais

Testar produtos é tão importante quanto desenvolvê-los

Isso salvará a reputação do seu negócio e sua lista de clientes dos próximo...
Leia mais

Não espere mais! O momento certo não existe.

O melhor momento para você começar a empreender é AGORA!
Leia mais

Porque você precisa monitorar o ciclo de compra

Como seria bom se pudéssemos fechar um negócio com um novo cliente em uma c...
Leia mais