Blog

Nossas opiniões acerca de empreendedorismo e negócios.

O que querem de mim?

O erro mais comum dos candidatos a empreendedores (digo candidatos porque não basta ter uma ideia baseada na sua percepção e achar que todos terão a mesma percepção que você tem dela) é achar que todo mundo vai gostar do produto ou serviço só porque ele é bom. Ideias boas muitas pessoas tem o tempo todo! Se fosse fácil assim todos seriam empreendedores de sucesso.

Na minha vida de consultoria vi gente absurdamente inteligente como inventores, empreendedores de bairro, estilistas da comunidade, entre tantos outros. Mas porque essas pessoas não despontaram e viraram empreendedores de sucesso? Seria porque não encontraram investidores? Porque não tinham formação suficiente? Será que a ideia não era tão boa assim? Ou talvez todas as anteriores? Queremos respostas!

Há uma linha, que não é nem um pouco tênue, que diferencia os empreendedores de sucesso dos que não obtém sucesso. Mas talvez primeiramente devamos explorar o que seria esse sucesso. Para a maioria o sucesso profissional é conseguir prestigio e dinheiro com base no seu trabalho ou seu empreendimento. Eu digo que o sucesso não é um conceito parametrizado. Primeiramente o empreendedor, e qualquer pessoa, deve dimensionar qual seria o seu sucesso. Simplesmente com esse alinhamento evitaríamos muitos casos de frustrações pessoais.

Pois bem, voltando para o assunto empreendedorismo, o que devemos fazer primeiramente é definir a nossa visão pessoal, onde queremos chegar como empreendedores. Surpreendentemente, podemos conferir pessoas que se considerariam bem sucedidas com um negócios de bairro que as proporcionasse sustento digno e momentos de diversão sustentável com a família e amigos.

Mas estamos falando aqui de empreendedores que tem uma visão de longo alcance e vamos focar nisso. Nas minhas palestras eu costumo dizer que “o limite do seu crescimento é a sua visão”. Se enxergar no seu bairro vai ficar ali, se enxergar sua cidade ou estado vai parar ali, ou se enxergar o mundo ali que vai chegar. O mundo nos espera!

Afinal o que o mundo espera de mim como empreendedor?

  • O mercado espera que você tenha pleno conhecimento das suas nuances: demanda, público alvo, opções de marketing, concorrência, regionalização, sazonalidade, alcance da comunicação. Enfim, estes dentre muitos outros pontos a considerar nos levam a apenas uma palavra: conhecimento. Pleno conhecimento do mercado onde se pretende atuar é o mínimo que um empreendedor pode fazer para começar a pensar em viabilizar seu negócio. O mercado é feroz e só os mais bem preparados conseguem se sustentar nele.
  • Já a Economia exige que você tenha, basicamente, um bom planejamento financeiro. Um bom planejamento financeiro deve levar em conta todas as questões mercadológicas citadas acima em conjunto com o bom plano B, caso todas as suas expectativas não se concretizem. Esse é o erro mais comum dos candidatos a empreendedores. Fazem apenas um plano, e quanto esse plano dá errado não têm a mínima reserva para margens de erro.
  • A conjuntura, que é uma circunstância, uma associação dos elementos que são capazes de determinar alguma coisa, também deve ser considerada e pode fornecer insumos valiosos para a decisão de começar ou adiar a implantação de algum negócio. A política, os recursos naturais, o momento econômico, o cenário internacional, enfim a Visão Sistêmica tem que ser uma competência plena de um empreendedor.
  • E os clientes? Ahh os clientes! Estes são implacáveis. Se consomem uma vez seu produto ou serviço e não ficam satisfeitos, dificilmente te procurarão novamente ou te indicarão. E pior do que isso, podem desindicar para seus conhecidos criando um círculo negativo para seu negócio. O bom empreendedor tem que estar preparado para proporcionar experiências marcantes na primeira oportunidade. Caso não esteja preparado para isso o melhor a fazer é esperar e se preparar mais.
  • O que o investidor espera é simples, ele espera que o empreendedor tenha completo domínio de todas esses pontos e o convença disso.

A palavra de ordem quando se fala em empreender é conhecimento. O grande diferencial para a realização de qualquer projeto é juntar todos os ingredientes técnicos necessários com muita base de conhecimento sem perder a criatividade, a versatilidade e o brilho nos olhos de quem tem um grande sonho!